Livro da Bolsa

II – A Tendência - Estudo de Tendências em Gráficos Reais e o Zig Zag - O Perigo Grave de Indicadores como o Zig Zag
Índice   •   Anterior   •   220 - 221   •   Seguinte
Logo no início do gráfico reparamos que o mercado está
claramente sem demonstrar nem tendência de subida,
pois não passa dos 1.2440 e vai vendo decrescer a
altura das suas ondas até quase estagnar, e sem cair do
valor 1.2385 onde encontra um suporte que evita
quedas abaixo do mesmo.
Durante o dia 24 de Dezembro, podemos verificar que
há um pequeno salto dos preços, passado a oscilar
entre os 1.2440 e os 1.2470 durante cerca de dois dias,
e baixando um pouco até aos 1.2425 antes de romper
essa tendência lateral e entrar numa nova tendência de
subida que o levou acima dos 1.2600 no exemplo
acima.
Neste caso o preço pode-se dizer ter encontrado um
suporte nos 1.2440 e uma resistência nos 1.2470.
Este foi um bom exemplo do que se pode considerar
como uma tendência lateral (ou
sideways trend
, em
Inglês), ou como um mercado sem tendência (ou
trendless market
, em Inglês).
Nos exemplos anteriores poderiam existir períodos
assim, mas como nos estávamos a basear apenas no
indicador
Zig Zag
, que apenas subia ou descia, sem
andar de lado, tais períodos não foram tidos em conta
na nossa procura por possíveis tendências.
O perigo grave de indicadores como o
Zip Zag
Vimos aqui um indicador que é o
Zig Zag
e que por
breves momentos poderá fazer alguém pensar que a
previsão de preços futuros é bastante fácil, afinal pelos
mesmos, podemos ver que assim que o indicador
inverte, a tendência também inverte, certo.
Ou seja podemos pensar que com este indicador é fácil
ter lucro pois identificamos tendências facilmente.
Mas nada poderia estar mais longe da verdade...
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
220
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa