Livro da Bolsa

I – Gráficos - A Periodicidade dos Gráficos
Índice   •   Anterior   •   33 - 34 - 35 - 36 - 37 - 38 - 39 - 40 - 41 - 42   •   Seguinte
No caso de o
trader
em questão ser alguém que tenha
por hábito abrir e fechar posições mais frequentemente,
como por exemplo várias vezes por semana, este tipo
de gráficos não lhe seria útil, pois não lhe daria
qualquer ideia do que se poderia passar num pequeno
número de dias seguintes à ordem ser executada, mas
sim aos meses, pois mesmo que o gráfico em períodos
mensais pareça ter tendência para subir, e realmente o
faça, nos dias seguintes poderá cair bastante e dar
prejuízo ao
trader
, fazendo-o fechar posições.
Para
um
trader
que invista a mais curto prazo, a
periodicidade ideal seria algo mais pequeno, tal como
períodos diários, ou mesmo períodos de uma hora ou
menos, para os chamados
daytraders
, que por norma
abrem e fecham muitas posições durante o dia, com
vista à obtenção de lucros.
Vejamos agora um gráfico com periodicidade semanal,
a partir de Março desse mesmo ano:
Aqui como podemos ver, temos uma noção mais exacta
do que se passou nesses últimos dez meses desse ano,
pois cada ponto corresponde ao valor de Fecho de cada
semana, e assim podemos ver variações semanais
dentro de cada mês, dando-nos uma melhor noção do
que se passa em períodos de tempo mais pequenos,
neste caso semanais, e assim permite-nos prever com
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
38
NOTA:
Um
trader
que deseje
investir a médio ou longo
prazo deverá analisar
gráficos em períodos de
tempo maiores como o
diário, e os que
desejarem fazer
daytrading
ou investir por
poucos dias, deverão
escolher períodos de
tempo inferiores como o
horário.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa