Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráficos de Velas Japonesas - Como Analisar o Comportamento dos Preços Dentro do Período de Tempo Representado por Uma Vela?
Índice   •   Anterior   •   97 - 98 - 99 - 100 - 101 - 102 - 103 - 104 - 105   •   Seguinte
atenção e que o de Velas Japonesas, pelo contrário, nos
facilita a compreensão, que é o caso de velas com
sombras muito grandes, poderem ser frequentemente
confundidas com velas longas durante quedas ou
subidas nos preços, facto que é causado devido ao
relevo dado à relação entre os preços de Abertura e de
Fecho não ser tão forte como é nos gráficos de Velas
Japonesas.
Se repararmos na nona vela completa dos gráficos (pois
a primeira que é visível está cortada, só aparecendo
metade da mesma no gráfico), podemos verificar que
temos uma vela com um corpo muito pequeno e com
uma sombra inferior enorme, e uma sombra inferior
maior que o corpo também, ou seja, uma vela com um
intervalo de oscilação diário muito grande mas que
acaba por fechar quase perto do valor de Abertura, sem
cair praticamente nada, mas se virmos acima no Gráfico
de Barras, veremos que esse padrão se torna muito
mais difícil de reconhecer, parecendo mesmo à primeira
vista que é apenas mais uma barra longa de queda de
preços que faz parte da descida, sendo que apenas com
algum custo e atenção dada à vela, nos apercebemos
mais facilmente de que o preço de Fecho acabou por ser
superior ao de Abertura, situação que se agrava ainda
mais se o gráfico estiver numa vista ainda mais
reduzida e consequentemente com as suas vela ainda
mais pequenas e difíceis de analisar.
Com tudo isto se conclui que será um erro usar os
Gráficos de Barras sempre que tenhamos a
possibilidade de usar gráficos de Velas Japonesas,
sendo a segunda opção a obrigatória para qualquer
trader
se uma boa análise for o desejado.
Como analisar o comportamento dos preços
dentro do período de tempo representado por uma
vela.
Já estudámos como ver o significado de cada vela e o
que ela nos diz sobre o range de preços percorrido,
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
97
NOTA:
Também acontece nos
gráficos de barras
OHLC
algo grave, que é o
frequentemente
podermos confundir uma
vela de corpo pequeno e
sombras grandes com
uma vela de corpo grande
e assim pensarmos haver
força numa subida onde
afinal só haja indecisão,
algo que não se passa
nas Velas Japonesas por
terem uma relação entre
Abertura e Fecho mais
visível em que bastando
olhar para o corpo da
vela ficamos a saber se
houve mesmo força ou
indecisão.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa