Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráficos de Velas Japonesas - Constituição das Velas Japonesas
Índice   •   Anterior   •   90 - 91 - 92 - 93   •   Seguinte
baixo atingido no período de tempo representado por
essa vela.
Como exemplo vamos imaginar que temos uma vela
relativa a um período de tempo e que o gráfico está
medido em Euros.
Imaginemos agora o preço de Abertura ocorre a 10€, e
que após abrir, o preço desce até 9€, e antes ainda do
período de tempo representado pela vela acabar,
consegue recuperar e subir bastante, atingindo ainda os
12€, mas fraquejando um pouco fechando por fim nos
11€.
Nesse caso, teríamos uma vela branca, por ela ter um
corpo vazio (devido ao preço de Fecho, nos 11€ ser
superior ao preço de Abertura, nos 10€), e veríamos
duas linhas finas, ou seja as suas sombras, uma acima
e uma abaixo, marcando a sombra inferior o intervalo
de preços entre os 9€ e os 10€, que foi o intervalo
percorrido pelos preços logo após a Abertura da vela, e
marcando a sombra superior o intervalo de preços entre
os 11€ e os 12€, que foi o intervalo percorrido pelos
preços mesmo antes de se chegar ao valor de Fecho da
vela.
Se tivesse sido o inverso, se tivesse aberto a 11€ e
fechado a 10€, a única diferença visível seria no corpo
da vela, que seria cheio em vez de vazio, passando
nesse caso a ser chamada de vela negra.
Vejamos agora esta teoria explicada de outra forma
mais visual e fácil de perceber, onde iremos ver tanto
uma vela branca como uma vela negra, e um possível
comportamento de preços durante o período de cada
uma delas, para fácil compreensão do porquê de elas
serem representadas desta forma e de como interpretar
o comportamento de preços olhando para elas no
futuro, mais abaixo.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
93
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa