Livro da Bolsa

V – Padrões das Velas Japonesas - Janela ou Gap (Window, Ku) - Gap de Abertura
Índice   •   Anterior   •   477 - 478 - 479 - 480   •   Seguinte
fechar esse
Gap
antes de prosseguir o seu movimento,
qualquer que esse possa ser.
Essa atenção permite-nos obter lucros nessas alturas,
ou no mínimo estarmos prevenidos contra algo que
poderá ser óbvio e assim evitar perdas, ou pelo menos
limitá-las.
Vamos ver um exemplo, retirado de um gráfico horário
real, do par cambial
EUR
/
USD
em 19 de Setembro de
2003:
Como podemos ver neste exemplo, retirado de um
gráfico horário do câmbio Euro/Dólar
(EUR
/
USD),
um
Gap
ocorreu quando uma nova vela horária começou,
abrindo a mesma com um
Gap
enorme em relação ao
Máximo da vela anterior, ou Janela, como lhe quisermos
chamar, que ficou por ser fechada.
Como podemos ver, após a abertura dessa vela, os
traders
começaram a vender na Abertura, até que o
Gap
foi preenchido (ou a Janela foi fechada, como
preferirmos dizer), como podemos ver, ao visualizarmos
que o valor Mínimo dessa vela atingiu (e por acaso foi
mais abaixo ainda) o Máximo da vela anterior, fechando
assim essa Janela que estaria aberta.
Não só “tocou" a sombra superior da vela anterior,
como conseguiu “tocar" o corpo da mesma também.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
479
NOTA:
Os
Gaps
de Abertura são
fechados não só por ser
prática comum tentar
fechar um
Gap
de
Abertura no começo de
uma nova vela, como
também por os
traders
saberem que se não o
fecharem, acabará por
ser fechado mais tarde
em velas posteriores, o
que inviabilizará as
subidas ou descidas dos
próximos tempos, e para
evitar que esse
Gap
acabe por destruir a
tendência, tentam
fechá-lo de imediato para
não existirem tentações
de fechar o
Gap
mais
tarde e estragar assim a
tendência.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa