Livro da Bolsa

III – Suportes e Resistências - As Bear Traps
Índice   •   Anterior   •   297 - 298 - 299 - 300 - 301   •   Seguinte
Como podemos ver desta vez no exemplo acima, nesta
tendência de subida, tanto os suportes como as
resistências vão sendo cada vez mais elevadas,
ajudando os suportes a sustentar os preços cada vez
mais acima, ajudando-os a subir, e as resistências
sendo rompidas constantemente, não conseguindo
evitar essas subidas.
Chegamos contudo a uma altura, a meio da tendência
de subida, em que curiosamente, após um normal
ressalto dos preços face a um dos suportes, os preços
acabam mesmo por quebrar esse suporte, o que faz
com que alguns
bears
do mercado acreditem tratar-se
de uma inversão da tendência de subida actual e
abrirem ou reforçarem posições curtas no mercado,
apostando na descida de preços, caindo assim numa
armadilha de
bears
, uma
bear trap
.
Contudo, os novos níveis de preço acabam por não ser
afinal sustentáveis, e dá-se um
Traders’ Remorse
,
acabando os preços por voltar novamente para níveis
acima dessa resistência, que actua posteriormente
como suporte novamente, e continuando os preços o
seu caminho de subida, de acordo com a tendência
actual.
Assim deu-se uma
bear trap
, tendo sido apanhados nela
alguns
bears
desprevenidos a meio de uma tendência
de subida de preços,
bears
estes que julgavam estar
perante uma inversão de tendência.
Os mercados cambiais são locais ideais para
procurarmos este tipo de pequenas armadilhas que
deixam muitos
traders
com elevados prejuízos em
pouco tempo, mas não nos esqueçamos que estamos a
ir buscar exemplos com velas de muito baixos períodos
de tempo apenas para efeitos de demonstração.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
299
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa