Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráfico de Pontos
Índice   •   Anterior   •   12 - 13 - 14 - 15 - 16 - 17 - 18   •   Seguinte
No dia seguinte, o dia 24 de Dezembro, como podemos
ver, já estaria cotado acima dos 1.3530.
Para quem nunca viu um gráfico antes ou não os saiba
interpretar, no terceiro dia do gráfico, o dia 27 de
Dezembro, está marcado em relevo uma linha a
tracejado mais forte entre o ponto e as duas escalas,
que como podemos ver, apontam em baixo para o dia
27, e à direita para o valor certo de 1.3620, que foi o
preço a que foi cotado o câmbio nesse dia.
As cotações acalmaram nos dias seguintes, tendo no
último dia do gráfico, no dia 30 de Dezembro, atingido o
valor mais alto de todos os dias desse gráfico.
Como podemos ver, é bastante fácil ler um gráfico, é só
verificar a que valor e data cada um dos valores
marcados nele pertencem em ambas as escalas, e
comparar esses valores com os outros, e teremos uma
leitura fácil do comportamento dos preços dentro do
período de tempo que ele reflecte.
Nem somos obrigados a olhar com atenção para as
escalas, pois é fácil deduzir ao andar para a direita que
estamos a avançar no tempo, e que ao subir e descer
no gráfico estaremos a ver os preços a aumentar e
subir, definindo assim movimentos de subida e descida,
tendo apenas de olhar com mais atenção se quisermos
verificar a que valor um dado activo financeiro foi
cotado num certo ponto temporal, neste caso num certo
dia.
Veremos mais abaixo um exemplo de visualização de
evolução de preços num determinado período de tempo,
em que a escala temporal estará dividida em dias, ou
seja cada valor correspondendo a um dia diferente, e
com o preço desse mesmo activo financeiro à direita
para vermos que preço esse activo tem em cada dia, e
assim vendo facilmente a sua evolução.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
15
NOTA:
A escala temporal mais
comum e famosa é a
diária, em que cada ponto
do gráfico corresponde a
um dia de
trading
, apesar
de existirem outras
também muito utilizadas.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa