Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráficos Kagi
Índice   •   Anterior   •   175 - 176 - 177 - 178   •   Seguinte
Agora
quanto à espessura das suas linhas, ou por
outras palavras também poderá dizer-se “quanto à cor
das suas linhas", pois usam-se sempre por norma cores
diferentes para as duas espessuras diferentes das
linhas, o método é outro: sempre que os preços
ultrapassam os valores Máximo ou Mínimo anteriores, a
espessura das linhas
Kagi
e consequentemente as suas
cores, irão alterar, sendo as cores no exemplo que se
segue azul escuro para quando são ultrapassados os
valores máximos anteriores e um vermelho para os
valores mínimos anteriores.
Vejamos um exemplo agora de um gráfico
Kagi
do
câmbio Euro/Dólar com as definições de cores acima
referidas devidamente configuradas:
Como vemos, o gráfico fica com uma linha de espessura
superior sempre que é ultrapassado o Máximo anterior,
além de ficar com cor azul também, e de uma
espessura inferior sempre que é quebrado o Mínimo
anterior, ficando aí com cor vermelha.
Como podemos verificar também no exemplo acima,
pela escala horizontal temporal, os valores não têm as
mesmas distâncias, havendo anos com mais espaço
ocupado que outros, revelando que a passagem de
tempo é realmente completamente ignorada, sendo
feito o gráfico apenas com a acção dos preços.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
177
NOTA:
Neste tipo de gráficos,
alternam-se entre dois
tipos de linhas,
dependendo do que dita o
método: sempre que os
preços ultrapassam os
valores Máximo ou
Mínimo anteriores, as
linhas ficarão mais
espessas e de cor azul ou
mais finas e vermelhas,
respectivamente.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa