Livro da Bolsa

III – Suportes e Resistências - Inversão de Papeis (Resistência Torna-se Suporte e Vice-Versa)
Índice   •   Anterior   •   233 - 234 - 235 - 236 - 237 - 238 - 239   •   Seguinte
vários suportes e resistências e mantendo o indicador
Zig Zag
para fácil interpretação dos movimentos de
preços:
Este não é o melhor exemplo para se verificarem
suportes e resistências pois o gráfico baseia-se em
velas horárias e não tem nele visíveis grandes variações
de preços, mas de qualquer das formas é útil para
termos uma primeira aproximação a suportes e
resistências em gráficos reais.
Se virmos bem, os preços tiveram no gráfico como
primeira resistência os 1.2440, tendo depois retraído e
não conseguido romper a pequena resistência nos
1.2425 mais abaixo, mas não quebrando também um
suporte bastante visível nos 1.2385, pois temos lá três
momentos com reacções a esse suporte em que os
preços sobem novamente sempre que se aproximam
dele, além das velas no início do gráfico que já
permaneciam acima dele.
Após romper os 1.2425 e os 1.2440, passamos a ter
como nova resistência os 1.2470 e como suporte os
1.2440, e numa altura em que foi quebrado e foi
testada a anterior resistência de 1.2425, mas agora
como suporte, houve uma reacção nos preços que deu
origem a uma nova tendência de subida, fazendo os
preços sair da tendência lateral que se encontravam.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
238
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa