Livro da Bolsa

III – Suportes e Resistências - Os Números Redondos como Suportes e Resistências
Índice   •   Anterior   •   311 - 312 - 313 - 314 - 315 - 316 - 317 - 318 - 319 - 320 - 321 - 322 - 323   •   Seguinte
especialmente tomados em conta deverão ser em
múltiplos de 100 ou 1.000, pois cada 1% de subida
subiria logo mais de 10 pontos.
Se um activo financeiro estiver cotado por volta dos 100
pontos, aí os números redondos a serem especialmente
tomados em conta deverão ser em múltiplos de 10 e de
100, sendo claro os de 1.000 e maiores ainda mais
importantes, pois cada subida de 1% equivalerá a
apenas 1 ponto de subida.
Se um activo financeiro estiver cotado entre 1 e 10, os
números redondos a serem especialmente tomados em
conta deverão ser os múltiplos de 1 e de 10, e
seguintes como é lógico, pois cada subida de 1%
equivalerá a apenas a um pequeno múltiplo de 0,10.
Por fim, e a título de exemplo, os números redondos a
serem tomados em conta a um activo que esteja abaixo
de 1 unidade de valor, ou que se mova num espaço de
1 unidade, como por exemplo algo que esteja entre as 0
e 1 unidades, ou entre as 1 e 2 unidades, deverão ser
múltiplos de 0,1000, 0,0500 ou 0,0100 unidades, e
claro, as seguintes.
Como exemplo real, podemos ver o caso do par cambial
Euro/Dólar (
EUR
/
USD
), em que nos gráficos acima,
rondavam os preços de 1.2000.
Neste caso, os números redondos mais importantes a
serem tomados em especial atenção como suportes e
resistências, seriam neste caso os múltiplos de 0,1000
como os 1,0000, os 1,1000, os 1,2000, os 1,3000,
1,4000 e por aí adiante, ou os múltiplos de 0,0500
como 1,1500, 1,2000, 1,2500, e por aí adiante.
Claro que múltiplos de 0,0100 poderão ser por vezes
importantes também, pelo que nos câmbios muitas
vezes os preços a tocarem num nível como 1,2400,
apesar de não ser nos 1,2500, acabam muitas vezes
por fazer os preços inverter as suas tendências.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
313
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa