Livro da Bolsa

II – A Tendência - Os Traders e as Tendências
Índice   •   Anterior   •   200 - 201 - 202 - 203 - 204 - 205 - 206   •   Seguinte
possível nova tendência de descida, e assim abrir
posição inversa, ou seja curta, apostando na descida.
Teremos assim no gráfico uma seta vermelha a apontar
para baixo, um sinal de venda nesse dia.
Temos assim também duas linhas horizontais em baixo,
uma ao nível dos 1.1515, que seria o preço de abertura
da vela do dia em que se abriu posição longa
inicialmente, e outra nos 1.1773, preço de abertura da
vela do dia em que se fechou a posição longa e abriu
posição curta.
Entre essas duas linhas horizontais que marcam a
entrada e saída da posição longa, temos uma linha
vertical azul que indica o intervalo de preços percorrido
por essa posição longa, ou seja, basicamente o lucro
que essa ordem obteve, para mais fácil visualização da
performance das duas ordens.
Mais acima, na penúltima vela, temos uma seta azul
novamente, que marca o regresso das hipotéticas férias
e o fecho da posição curta, e abertura de uma nova
posição longa, que por acaso neste dia ocorreu não no
começo do dia mas no fim do dia, nos 1.2818, valor de
fecho dessa vela diária, havendo uma linha horizontal
novamente a marcar esse nível.
Temos assim também uma linha vertical vermelha à
esquerda, marcando o intervalo de preços entre o preço
de abertura e fecho dessa ordem curta, o seu prejuízo.
Como pudemos verificar, essa linha vertical vermelha é
muito superior à linha vertical azul, indiciando que o
prejuízo provocado pela ordem curta, foi bastante
superior ao lucro originado pela ordem longa anterior.
Isto deveu-se simplesmente por um dos erros mais
comuns praticados pelos
traders
no dia a dia nos
mercados financeiros: o erro de ir contra a Tendência.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
203
NOTA:
Um dos erros mais
comuns por parte dos
traders
é o de irem
contra a Tendência.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa