Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráficos de Barras HLC e OHLC
Índice   •   Anterior   •   49 - 50 - 51 - 52 - 53 - 54 - 55 - 56 - 57 - 58 - 59 - 60   •   Seguinte
Vejamos como ficaria essa linha horizontal entre o valor
Mínimo e o valor Máximo anexada à já existente marca
horizontal que representa o preço de Fecho:
Como acabámos de ver no exemplo acima, obtivemos já
um gráfico bastante mais completo.
Em cada período de tempo, desta vez, vemos não só o
valor de Fecho representado pela marca horizontal, mas
também uma linha vertical que nos diz até onde os
preços acabaram por chegar dentro desse período de
tempo, ou seja, qual o valor Máximo e Mínimo
percorrido dentro desse período de tempo.
Conseguimos agora verificar que em certos momentos,
os topos e fundos de mercado, afinal acabaram por ser
muito mais acima ou abaixo do que antes pensávamos
ao ver apenas o valor de Fecho de cada período de
tempo.
Podemos ver também que certas alturas em que os
preços pareciam mal se ter mexido em relação ao
período anterior, afinal acabaram por ter bastante mais
oscilação do que se pensava, com valores máximos e
mínimos muito distantes do valor de Fecho final.
Acabamos por ter também uma maior noção de
continuidade, ao vermos melhor todos os intervalos de
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
53
NOTA:
Só com gráficos
OHLC
e
outros que contenham os
campos Máximo e Mínimo
(
High
e
Low
) é que
poderemos ter uma ideia
correcta sobre qual a real
amplitude dos preços
num período de tempo,
vendo os valores Máximo
e Mínimo atingidos por
eles.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa