Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráficos de Velas Japonesas - Adaptação de Dados Históricos para Poderem ser Representados por Velas Japonesas
Índice   •   Anterior   •   126 - 127 - 128 - 129 - 130 - 131 - 132 - 133 - 134 - 135 - 136 - 137 - 138 - 139   •   Seguinte
O funcionamento das outras funções será sempre igual,
mas destinado a obter outros valores, nomeadamente o
valor de Mínimo, e Fecho da vela.
É de notar que neste caso o valor de Abertura já existe
no histórico, apesar de que teoricamente não deveria
existir, pelo que não contaremos com ele no exemplo
apesar de se apresentar no mesmo, em vez de irmos
buscar esse valor à linha da esquerda como fizemos
com os restantes, como teoricamente ele não deveria
existir na linha, iremos colocar “
=Jx
", onde
x
corresponde à linha anterior, na coluna
J
, que
corresponde ao valor de Fecho, ou seja, esse valor de
Abertura será equivalente ao valor de Fecho da vela
anterior, que neste caso está descrito na linha anterior
na coluna
J
.
Ou seja, numa situação real, não havendo preço de
Abertura da vela, iremos dizer-lhe que será igual ao
preço de Fecho da vela anterior com essa simples
fórmula.
No caso de se ter usado uma ferramenta como a que foi
descrita em primeiro lugar, que faz a separação em
poucos segundos, poderemos passar logo ao exemplo
seguinte assumindo que essas velas que a ferramenta
criou seriam as velas que em cima foram criadas com
funções, faltando-nos apenas nelas também os valores
de Abertura de cada uma, que seriam tal como no
exemplo acima descrito, dadas como iguais aos valores
de Abertura das velas imediatamente anteriores.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
136
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa