Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráficos de Velas Japonesas - Adaptação de Dados Históricos para Poderem ser Representados por Velas Japonesas
Índice   •   Anterior   •   126 - 127 - 128 - 129 - 130 - 131 - 132 - 133 - 134 - 135 - 136 - 137 - 138 - 139   •   Seguinte
Seria através destas duas funções acima descritas que
iríamos resolver a situação.
Ao invés de colocarmos uma indicação de que a célula
que contivesse o valor de Abertura da vela fosse igual à
célula que continha o valor de Fecho da vela
imediatamente superior (o tal “
=Jx
" que vimos acima),
iríamos colocar uma condição que verificasse se esse
valor de Fecho da vela anterior seria igual ou maior que
o valor Mínimo da vela corrente, e se a condição fosse
verdadeira, a célula, ou seja, o valor de Abertura da
vela, seria igual ao valor de Fecho da vela anterior, pois
não haveria condições impossíveis e estaria dentro do
intervalo de preços entre a Abertura e Fecho da vela,
mas caso não fosse, ou seja, caso esse valor de Fecho
da vela anterior, fosse inferior ao valor do Mínimo da
vela corrente, então daríamos como valor de Abertura
da vela corrente, o valor do próprio valor Mínimo da
vela, e assim seria uma vela sem sombra inferior, com
valor Mínimo igual ao da Abertura, e sem qualquer tipo
de incoerências.
Essa condição foi colocada como “
=IF(Jx>=Iy;Jx;IY)
"
(em vez de “
IF
", poderia ser usada a função “
SE
", em
Português dependendo da língua do
software
).
Esta condição diz-nos que se a célula com o valor de
Fecho da vela anterior (célula
J3989
, no exemplo), for
superior ou igual ao valor de Mínimo da vela corrente
(célula
I3990
, no exemplo), o valor da célula de
Abertura seria o desse valor de Fecho da vela anterior,
ou seja o
I3989
, caso contrário seria o do próprio
Mínimo da vela, ou seja, o
I3990
.
Faltaria nesta última condição verificar também se o
valor de Fecho da vela anterior seria igual ou inferior ao
Máximo da vela corrente, e caso fosse, passaria a ser o
valor da Abertura da vela corrente, e caso não fosse, a
Abertura da vela seria o valor Máximo da própria vela,
caso fosse vela negra, como é lógico, mas essa
condição é completamente desnecessária visto que se a
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
138
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa