Livro da Bolsa

I – Gráficos - Gráficos de Velas Japonesas - Adaptação de Dados Históricos para Poderem ser Representados por Velas Japonesas
Índice   •   Anterior   •   125 - 126 - 127 - 128 - 129 - 130 - 131 - 132 - 133 - 134 - 135 - 136 - 137 - 138 -    •   Seguinte
apenas com os dados existentes num gráfico
OHLC
poderíamos construir um gráfico de Velas Japonesas.
Neste caso podemos corrigir este problema, que é o da
falta do valor de Abertura em cada vela, de uma forma
simples: adicionando esse valor a cada vela.
Mas a questão seria: “Que valor adicionar como valor de
Abertura da vela.".
Seria uma perda de tempo colocar o valor de Abertura
da vela como sendo igual ao valor de Fecho da própria
vela, porque dessa forma a maior vantagem entre todas
as que o método de representação gráfica por Velas
Japonesas contém, que seria a do corpo da vela, aquele
rectângulo que realça o intervalo e variação de preços
entre o valor de Abertura e o Fecho da vela, não
existiria, pois esses valores seriam os mesmos.
Vejamos o que aconteceria agora no gráfico ao
colocarmos o valor de Abertura igual ao valor de Fecho
de cada vela:
Como podemos verificar através da visualização deste
gráfico, este gráfico nunca poderia ser visto como um
gráfico de Velas Japonesas, pois o corpo da vela nunca
existiria, pois o valor de Abertura e o de Fecho seriam
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
127
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa