Livro da Bolsa

III – Suportes e Resistências - O Arrependimento dos Traders (Traders' Remorse)
Índice   •   Anterior   •   267 - 268 - 269 - 270 - 271 - 272 - 273   •   Seguinte
O
ARREPENDIMENTO DOS TRADERS
(
TRADERS’ REMORSE
)
Após
a penetração por parte dos preços de uma
resistência ou suporte, é bastante comum para os
traders
se questionarem acerca dos novos níveis de
preços, sobre se serão razoáveis ou não, e
possivelmente arrependerem-se de estarem a apostar
ainda no sentido que esses preços tomaram ao
chegarem a esses novos níveis, saindo assim do
mercado ou invertendo posições, provocando desta
forma um recuo desses preços, algo que é chamado de
Traders’ Remorse
", que traduzido à letra para a Língua
Portuguesa, daria algo como “Arrependimento dos
Negociadores
", ou “Remorsos dos
Negociadores
".
Por exemplo, após um rompimento de uma resistência,
tanto os
bulls
como os
bears
do mercado podem
questionar-se sobre a validade dos novos preços
atingidos ao ser rompida essa resistência, e podem
decidir-se em vender, caso achem estar sobrevalorizado
o activo financeiro em questão.
Podem pelo contrário achar que ainda há muito espaço
para subir ou estar num preço de equilíbrio, o que os
faria comprar ou mesmo manter as suas posições.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
268
NOTA:
O
Traders' Remorse
, ou
Arrependimento dos
Traders
, acontece quando
após o rompimento de
uma resistência os
bulls
do mercado de certa
forma se arrependem da
posição que tomam, ou
os
bears
na quebra de
um suporte, talvez por
acharem que estão
errados ao continuarem a
apoiar esse movimento, e
saem do mercado ou
mesmo invertem
posições, provocando
assim o recuo dos preços
e invalidando a tentativa
de penetração, voltando
os preços a ficar abaixo
da resistência em
questão, ou acima do
suporte em questão
novamente.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa