Livro da Bolsa

IV – Linhas de Tendência - Canais de Tendência (Trend Channels)
Índice   •   Anterior   •   384 - 385 - 386 - 387 - 388 - 389 - 390 - 391 - 392 - 393   •   Seguinte
norma faz os preços caírem ao tocarem nela e assim
manterem-se dentro do canal, que é formado por essas
duas linhas.
Vejamos desta vez um canal descendente, ou seja, um
canal que acontece durante uma tendência de descida
de preços:
Neste novo exemplo, vemos que já havia uma linha de
tendência superior, actuando como resistência, onde os
preços sofrem resistência às suas tentativas de subida,
e o que foi feito foi desenhar uma linha paralela a essa,
unindo os fundos em vez dos topos, ficando nós
também com uma linha de tendência inferior, uma linha
de suporte que por norma faz os preços subirem ao
tocarem nela e assim manterem-se dentro do canal,
que é formado por essas duas linhas, como no exemplo
anterior.
Mas os canais de tendência, não têm obrigatoriamente
de se encontrar em tendência de subida ou de descida.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
388
NOTA:
Normalmente designamos
os canais de três formas
em relação à sua
tendência: Canal
Ascendente para os que
acompanham tendências
de subida, Canal
Descendente para os que
acompanham tendências
de descida, e há claro
está os Canais Laterais
para quando a tendência
é lateral ou por outras
palavras “sem tendência".
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa