Livro da Bolsa

IV – Linhas de Tendência - Objectivos de Preço (Price Targets e Target Prices)
Índice   •   Anterior   •   417 - 418 - 419 - 420 - 421 - 422   •   Seguinte
Vejamos uma exemplificação dessa regra:
Como vemos no exemplo, os preços acabam por romper
a linha de suporte do canal, e por norma acabam por
percorrer após essa quebra, uma distância igual à
distância que haviam percorrido no último movimento
de subida antes dessa mesma quebra.
Após isso, segue-se o seu movimento de descida, de
forma natural, de acordo com o exemplo acima.
Claro que, como se pode imaginar, isto é apenas uma
forma de tentar prever os futuros movimentos de
preços, e não quer dizer que realmente vão acontecer
como esperamos pelas nossas análises.
Apenas se espera que aconteçam, e dado serem regras
seguidas e esperadas por milhões de investidores pelo
mundo fora, há grande tendência para que sejam
seguidas, daí também facilitar a previsibilidade dos
ditos movimentos.
Assim, o termo “objectivo de preço" talvez não seja o
mais indicado neste caso, talvez “preço mínimo
esperado" fosse melhor, e porquê.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
421
NOTA:
Uma das regras é
bastante simples e está
exemplificada no exemplo
ao lado. Quando há uma
penetração válida de uma
Linha de Tendência,
espera-se que os preços
se movam para além
dessa linha numa
distância vertical igual à
distância vertical que
haviam percorrido no seu
último movimento de
subida ou descida antes
de chegarem a essa
mesma linha e a terem
penetrado com sucesso.
NOTA:
Pode parecer estranho
que existam estas
espécies de “regras
universais" que de certa
forma prevejam os
futuros movimentos de
preços, mas a explicação
é mais simples do que
parece. Como há muitos
investidores pelo mundo
fora a basearem-se
nessas mesmas regras de
igual forma, ao serem
seguidas por todos, esses
movimentos acabam
muitas vezes por
acontecer sem resistência
forte por parte dos
traders
.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa