Livro da Bolsa

IV – Linhas de Tendência - Objectivos de Preço (Price Targets e Target Prices)
Índice   •   Anterior   •   417 - 418 - 419 - 420 - 421 - 422   •   Seguinte
Porque objectivo faz-nos pensar que uma vez atingido,
poderemos fechar posições com lucro se estivermos
curtos, mas a verdade é que, se a quebra da linha de
tendência se tratar realmente de uma inversão de
tendência, então esse objectivo de preço é por norma
ultrapassado, especialmente se se tratar de uma
inversão de tendência, por isso não se deveria chamar
muito de “objectivo de preço" mas mais algo como
“objectivo mínimo de preço" ou “preço mínimo a atingir"
ou algo do género.
Ou seja, lá porque o preço atinge o valor que
imaginamos, não quer dizer que seja boa ideia sair
nesses níveis, até porque os preços podem ir bem mais
abaixo, para não falar que esse objectivo de preço, se
fosse por exemplo uma linha de suporte, se for
ultrapassado poderia passar a ser uma linha de
resistência, e assim mais razões teríamos para nos
mantermos curtos, ou o inverso se estivermos a falar do
rompimento de uma resistência.
Para concluir, podemos assim dizer que estes níveis de
objectivos de preços poderão revelar-se importantes
níveis de suporte e resistência, e poderão ser locais
onde poderão começar alguns eventuais
rallies
, apesar
de não haver claro está uma forma de prever se tal
poderia acontecer ou não.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
422
NOTA:
Apesar de utilizarmos
muito o termo “objectivo
de preço", talvez o termo
ideal fosse algo como
“objectivo mínimo de
preço" ou “preço mínimo
a atingir", porque
normalmente os preços
atingem o tal objectivo e
podem continuar a seguir
mais
adiante,
ultrapassando-o,
especialmente se se
tratar de uma inversão de
tendência.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa