Livro da Bolsa

IV – Linhas de Tendência - Como Desenhar Uma Linha de Tendência
Índice   •   Anterior   •   349 - 350 - 351 - 352 - 353 - 354 - 355 - 356 - 357 - 358 - 359 - 360 - 361 - 362 -    •   Seguinte
Visto que a
L.T.
do gráfico anterior, como podemos ver
agora neste gráfico, foi penetrada por uma vela branca
com uma sombra inferior bastante comprida, tentamos
logicamente construir de imediato outra linha de
tendência unindo o primeiro ponto de teste inicial ao
mínimo dessa vela que penetrou os preços.
Vejamos no que deu essa nova tentativa de linha de
tendência:
Como podemos ver no gráfico acima, essa linha de
tendência anterior que desenhámos agora, apesar de
ter apenas um pequeno ponto de confirmação e de ter
sido logo quebrada a seguir, se estivéssemos à espera
que os preços subissem ao se aproximarem dessa linha
nesse momento para entrar no mercado apostando na
subida, teríamos tido um bom lucro e essa linha de
tendência, nem que fosse apenas nesse ponto de
confirmação, já nos teria dado lucro novamente, pois na
altura em que os preços tocaram pela terceira vez
nessa linha, confirmando-nos que nos valeu a pena
desenhá-la e que teve efeito neles, os preços tiveram
uma subida forte, dando um lucro rápido a quem teve a
sorte de a desenhar.
Esta subida de preços na linha, pode até ter sido gerada
por muita gente ter esperado a reacção de preços ao
tocarem nesta linha de suporte por nós desenhada, que
é uma das razões, de qualquer das formas, que levam
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
355
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa