Livro da Bolsa

IV – Linhas de Tendência - Como Desenhar Uma Linha de Tendência
Índice   •   Anterior   •   345 - 346 - 347 - 348 - 349 - 350 - 351 - 352 - 353 - 354 - 355 - 356 - 357 - 358 -    •   Seguinte
do seu fim no gráfico, ajudando a prever que os preços
iriam permanecer abaixo dela, actuando como linha de
resistência já.
Vejamos a linha de tendência com que acabámos por
ficar no final:
No fundo, foram os passos todos que tomámos até
achar esta única linha de tendência que podemos ver no
gráfico acima, que como podemos ver, serviu de
suporte aos preços por diversas vezes, ajudando-nos a
prever os pontos em que voltariam a subir, e mesmo no
fim, o ponto em que eles iriam inverter e cair.
Não foi um exemplo muito bom, mas serve para vermos
que nem sempre é fácil encontrar uma linha de
tendência que nos ajude a prever a evolução dos
preços, apesar de no exemplo acima parecer que seria
bastante fácil desenhá-la vendo o gráfico já completo.
No fundo, até é fácil de desenhar.
Isto se tivermos o gráfico já todo completo à nossa
frente, mas se a quiséssemos achar em tempo real, no
dia a dia, teríamos seguido os passos descritos acima, e
como podemos ver, já daria bastante mais trabalho,
mas todo o trabalho é útil se essa linha nos vier a dar
bons pontos de entrada no mercado e proporcionar-nos
assim lucros futuros.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
351
NOTA:
É de notar que, tal como
acontece com as linhas
que representam os
Suportes e Resistências,
as Linhas de Tendência
devem se possível ser
desenhadas com uma
linha com um pouco mais
de espessura, pois os
toques ou aproximações
às linhas não têm de ser
precisos ao milímetro
para existir uma reacção,
e desta forma uma linha
com mais espessura
faz-nos ver melhor essa
aproximação das mesmas
pois a linha ficará mais
perto dos preços.
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa