Livro da Bolsa

III – Suportes e Resistências - Os Suportes e Resistências e os Traders
Índice   •   Anterior   •   240 - 241 - 242 - 243 - 244 - 245 - 246 - 247 - 248 - 249 - 250 - 251 - 252 - 253   •   Seguinte
O
número de vendedores (
bears
) manteve-se igual ou
menor, e o dos compradores (
bulls
) subiu de forma
exagerada, algo que só podia fazer os preços
dispararem desta forma incrível.
Ou número, ou força e intensidade das suas ordens de
compra e venda.
Apesar de haver especulação envolvida neste
movimento forte de preços, não deixa de ser um bom
exemplo a termos em conta no estudo dos suportes e
resistências.
É também um bom exemplo para demonstrar aquela
regra que diz que quanto maior e mais prolongada a
calmia de preços de um dado activo financeiro, mais
explosivo será o movimento de preços gerado quando
os preços acabarem por sair dessa mesma calmia.
O exemplo dado acima é o exemplo perfeito disso.
Agora também é verdade, segundo muitos
traders
sabem, que raramente uma subida de preços derivada
de pura especulação e que os eleva a níveis muito para
lá do valor real da própria empresa, se conseguem
manter sustentáveis.
Isto por estes valores fora do normal serem
normalmente valores baseados não no valor actual da
empresa representada pelo título financeiro em
questão, mas sim nas expectativas que os
traders
depositam nessa mesma empresa e no valor que as
acções da mesma terão no futuro.
No caso desta subida nascida no seio de especulação
que teve subida de uns 400% em poucos dias, não foi
excepção à regra, e acabou por ver os seus preços cair,
ainda mais do que os preços antes da subida, devido a
alguns factores fundamentais da mesma, aliado
novamente às expectativas dos
traders
em relação ao
futuro da mesma, sendo desta vez negativas.
www.LivroDaBolsa.com
Pág.
251
NOTA:
Há uma regra no
trading
que nos diz que quanto
maior e mais prolongada
a calmia de preços de um
dado activo financeiro,
mais explosivo será o
movimento de preços
gerado quando esse
activo acabar por sair
dessa calmia. É por isso
que por vezes vemos
activos normalmente tão
tranquilos e com
movimentos explosivos
que nos fazem perguntar
o que se terá passado
para serem tão fortes.
Pode até ser por
psicologia em alguns
casos, os
traders
acharem que um activo
que está tanto tempo
sem mexer ter um
movimento assim possa
ser por acontecer algo
que não sabemos e assim
arriscarem entrar
também, por pensarem
serem movimentos
causados por
smart
money
por exemplo. Por
vezes usa-se o termo
smart money
" para
designarmos acções de
traders
bastante
experientes e habituados
a detectar inversões de
tendência antes de todos
os outros. Por isso é
frequente que os
traders
ao verem movimentos
fortes e estranhos de
preços num activo,
pensarem que é devido
ao
smart money
e irem
assim atrás desses
movimentos, pensando
que são causados por
alguém que “sabe o que
faz".
Nota: Estas páginas poderão conter alguns erros de escrita devido à conversão automatizada para HTML, bem
como perda de qualidade das imagens, mas poderá ver a versão correcta e mais legível na versão PDF do livro.
Estas páginas em versão HTML não foram também preparadas para serem abertas no navegador IE.

Livro da Bolsa